EBOOK I Pequeno Manual de Grandes Conselhos

posts_Manual-Isolamento_blog

O mundo está em quarentena já há algumas semanas. Aqui no Programa, os alunos foram liberados a partir do dia 18 e, a equipe está trabalhando em sistema de home office desde o dia 20.  Tudo é muito novo pra todos nós e existe ao mesmo tempo um movimento para se manter ATIVO em meio a tudo isso mas, também existe uma grande preocupação para nos mantermos SÃOS também, em meio a tudo isso.

Como você está lidando com a nova rotina?

Reforçamos que neste momento, está TUDO BEM não estar TUDO BEM, o importante é entender este movimento e saber buscar ajuda em dias mais difíceis.

Por isso, em época de isolamento social, nós do PROGRAMA BOM ALUNO,
preparamos um material muito especial: um ebook chamado Pequeno Manual com Grandes Conselhos! Assim, você poderá levar este período com maior leveza e aprendizado. Neste manual você encontrará reflexões, dicas e até alguns exercícios que você poderá fazer, como também ensinar para as pessoas de sua família.

Queremos que todos baixem, leiam e compartilhem essas dicas com toda a sua rede e, também voltem para nos contar como aplicaram alguma das orientações e, claro sugiram novas dicas para deixarmos nosso Manual ainda mais encorpado com conteúdos do bem!

Para baixar, clique aqui.

Usem sem moderação, ok?

VESTIBULAR 2020/2021

livros-ufpr

Já é tempo de pensar no vestibular deste ano!
A UFPR antecipou a divulgação da lista de livros e demais referências bibliográficas para o processo seletivo, ainda sem data mas, que deve acontecer no final deste ano.

Os livros de Literatura Brasileira não mudaram em relação ao ano passado, são eles:

1. O Uraguai, Basílio da Gama
2. Últimos Cantos, Gonçalves Dias
3. Casa de Pensão, Aluísio de Azevedo
4. Clara dos Anjos, Lima Barreto
5. Sagarana, Guimarães Rosa
6. Morte e Vida Severina, João Cabral de Melo Neto
7. Nove Noites, Bernardo Carvalho
8. Relato de um certo oriente, Miltom Hatoum

A lista completa com as informações das provas específicas, você encontra aqui !

E aí, por qual livro você vai começar a leitura?

 

PBA no Google Classroom

Nossos alunos estão em casa desde o último dia 18 em virtude da importante mobilização para que as pessoas fiquem em casa e combatam o avanço do COVID-19.

Durante os últimos dias, a equipe de profissionais do Bom Aluno Curitiba buscou alternativas para darmos andamento ao conteúdo proposto para o ano, desta maneira assim como as escolas regulares, manteremos todos com atividades a serem realizadas neste período. Além, do incentivo a ficarem em casa, claro!

Estamos trabalhando de maneira remota e para isso iremos utilizar o Google Classroom, uma ferramenta simples e fácil de usar que ajuda os professores a gerenciar atividades. Com ele, é possível criar turmas, distribuir tarefas, dar notas, enviar feedbacks e ver tudo em um único lugar. Além disso, toda a equipe estará disponível nos horários das aulas para atendimento, tira-dúvidas e acompanhar o desenvolvimento das turmas. 

google-saladeaula

 

É um momento que nos provoca a desenvolver e aprimorar habilidades, como, por exemplo:

1) disciplina — entendendo que não estamos em férias e precisaremos ter métodos e
rotinas para fazer em casa o que faríamos em nossos ambientes habituais;
2) autodidatismo — característica que nos ajudará em diversos momentos em nossa
vida;
3) concentração — precisamos estar atentos para não nos distrairmos com os diversos
estímulos da casa e da internet;
4) comunicação assertiva — falar de maneira clara e objetiva, evitando sobrecarregar
desnecessariamente os grupos e os profissionais;
5) serenidade e o equilíbrio — desespero e ansiedade não ajudarão neste momento,
muito pelo contrário;
6) ampliação da visão de mundo — vivenciando a solidariedade, compreendendo que
somos afetados pelas necessidades dos outros e que estamos todos interligados.

A partir desta semana todos irão receber as orientações para acesso a sua sala de aula e começar a receber todas as atividades e orientações. Fiquem de olho!

PROGRAMA BOM ALUNO CONVIDA

E V E N T O  A D I A D O

 

Já está na hora de começar o Processo Seletivo 2020 e, para dar a largada em grande estilo, estamos convidando todos os diretores e equipe pedagógica da rede estadual de ensino para a palestra Comunicação Não Violenta nas Escolas. Vamos conhecer um pouco desta poderosa ferramenta que pode nos ajudar no nosso dia-a-dia.

abertura_convite

Neste dia vamos também apresentar o calendário da Seleção deste ano e explicar como os profissionais podem nos indicar seus alunos. O Processo Seletivo 2020 inicia no dia 1º abril e, acontece em cinco etapas: ficha de inscrição, avaliação, dinâmica de grupo, entrevistas e visita domiciliar. Mais informações podem ser obtidas em nosso site www.bomaluno.org.

Empresário concede bolsas no País de Gales a universitários curitibanos

Ideia nasceu de Luiz Fernando Bessa, empreendedor do setor financeiro

O AFS, a mais antiga organização de intercâmbio para jovens do mundo, e o  Programa Bom Aluno, de incentivo a estudantes de baixa renda em Curitiba (PR), irão selecionar dois universitários, um do sexo feminino e outro masculino, para serem contemplados com bolsa integral para programa de férias de imersão em inglês em Cardiff, no País de Gales, em julho deste ano.  Inscrições podem ser feitas até 9 de março pelo link https://www.afs.org.br/programa-bom-aluno. Podem se inscrever universitários assistidos pelo Programa Bom Aluno de Curitiba e região circunvizinha, de instituições públicas e privadas, com idades de 16 a 18 anos, que atendam aos critérios do intercâmbio.

A primeira etapa de seleção levará em conta o desempenho escolar, a proficiência no inglês e o conteúdo de uma carta de intenção e de um  vídeo produzidos pelos candidatos. Na segunda fase, os estudantes serão avaliados em atividades desenvolvidas pelo AFS e em entrevista presencial  com banca composta por integrantes do AFS e do Bom Aluno  e pelo patrocinador e idealizador do programa, o empresário curitibano Luiz Fernando Bessa, 38 anos. Sócio de empresa do setor financeiro, Luiz Fernando irá subsidiar todos os custos do programa, que inclui passagens aéreas, hospedagem e estudos na escola do no País de Gales, onde os bolsistas, além de  novos conhecimentos e aprendizado do inglês, poderão ter contato com outras culturas. O resultado sai no dia 9 de abril.

A ideia de criação do programa partiu do empresário como uma forma, segundo ele, de retribuir à sociedade conquistas que a proficiência na língua inglesa proporcionou em sua vida pessoal e profissional. “Queria não apenas doar, mas participar de algo que somasse e tivesse a ver com a minha história. Fiz, então, uma retrospectiva em minha carreira e percebi que o fato de ser fluente no inglês foi decisivo para determinados momentos da minha vida e da minha empresa, então decidi proporcionar o mesmo para jovens carentes”, conta Bessa.

Disposto a patrocinar bolsas de inglês para estudantes de poucos recursos financeiros, a fim de que eles possam também ter esta ferramenta em sua vida e carreiras, Bessa  procurou o programa Bom Aluno – referência no Estado por transformar vidas de jovens de baixa renda e onde ele próprio foi professor de inglês há 20 anos – e o AFS, que abraçaram a ideia. Esta é primeira edição do programa e a ideia de Bessa é prosseguir com o apoio no próximo ano, além de congregar outros empresários a abraçarem a ideia.

Os dois estudantes selecionados irão estudar, inclusive, na mesma região que o empresário teve a oportunidade de frequentar no País de Gales, quando era adolescente. Coordenadora de Projetos Estratégicos e Captação de Recursos do AFS Intercultura Brasil, Bianca Mello destaca a importância do apoio de Bessa e convoca  outros empresários que desejam apoiar iniciativas como a dele.

A gerente do programa Bom Aluno, Maria Isabel Grassi Dittert, também aplaude a iniciativa de Luiz Fernando.  “É de uma grandeza indiscutível, que vem ao encontro do que o Programa Bom Aluno professa, que é poder proporcionar ao outro aquilo que um dia lhe foi propiciado, numa corrente de desenvolvimento contínuo. Só conseguiremos construir um Brasil melhor se buscarmos uma educação de excelência, em todos os sentidos”, diz.

FONTE: https://www.jornale.com.br/single-post/2020/03/04/Empres%C3%A1rio-concede-bolsas-no-Pa%C3%ADs-de-Gales-a-universit%C3%A1rios-curitibanos

 

Escolha para onde vai o seu Imposto de Renda devido

Começou na segunda, dia 2 de Março, o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda 2020

Prazo vai até 30 de abril. Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações e pessoas físicas podem destinar seu imposto devido para o Programa Bom Aluno Curitiba 

IR_março

A doação do IR, além de muito fácil, não custa nada. Pessoas físicas podem destinar parte do Imposto de Renda e contribuir a melhoria da educação de dezenas de bons alunos  que fazem parte do Programa.

O critério para doar é fazer a declaração do Imposto de Renda pelo formulário completo.

As pessoas físicas podem destinar até 3% do IR. As doações devem ser feitas a partir do pagamento de um DARF, gerado diretamente no programa de declaração da Receita Federal, até o dia 30 de abril de 2020.

Veja o vídeo e entenda como é simples (escolher FUNDO ESTADUAL):

I M P O R T A N T E

Para que sua doação seja direcionada para o Programa Bom Aluno Curitiba, é fundamental que, assim que efetuar o pagamento do DARF, envie para o e-mail bomaluno@bomaluno.org as seguintes informações:

  • Comprovante de pagamento do DARF de doação;
  • Nome completo, CPF, endereço e telefone; e
  • A seguinte frase: “Doação Instituto Bom Aluno do Brasil”.


    Você não pagará mais imposto,
    nem terá sua restituição diminuída.
    O valor destinado será ABATIDO do que
    você deveria pagar de imposto.

Se precisar de ajuda e mais informações, fale com a gente pelo número (41) 3335-6006.

 

Diário de Intercâmbio

O post de hoje não é o mais animado possível mas, a Lari tem sido muito forte nessa aventura e fez questão de compartilhar conosco as partes difíceis também …

 

DiarioIntercambio

 

Larissa Anjos • México • #004

Como muitas coisas não são flores nessa vida de intercambista…
No dia 24 de janeiro eu saí para patinar no gelo com alguns amigos intercambistas, mas infelizmente acabei caindo e lesionei meu joelho. Fizemos os exames e descobrimos que rasguei um dos meniscos da perna direita, e desde então as coisas ficaram bem complicadas por aqui.

Foi um mês extremamente difícil pra mim, pois fiquei sem ir pra escola, sem sair de casa praticamente, não havia muito o que fazer e tive que me adaptar ao uso das muletas, o que me deixou muito dolorida por semanas.

E pra quem está em intercâmbio sabe o quanto 1 mês é valioso porque passa tudo muito rápido e só queremos aproveitar o máximo. Cheguei a quase operar o joelho, mas por restrições da seguradora não foi permitido.

Hoje, 2 de março, já me encontro muito melhor que em janeiro, caminhando e praticamente não usando a muleta,  saindo mais, porém ainda em recuperação. Depois de muita fisioterapia eu consegui recuperar muita força da perna e estou sendo muito bem atendida em um centro de reabilitação do Rotary. Agora já voltei à escola e estou voltando às atividades normais aos pouquinhos.

WhatsApp Image 2020-03-02 at 16.36.56
Nesse tempo pude desenvolver mais o relacionamento com a hostfamily, pensar muito na vida, ler, e entender que nem tudo está sob o meu controle, que existem coisas que a gente não entende porque acontecem mas que são necessárias para nosso aprendizado. Essa situação toda mexeu muito com o meu emocional, fiquei muito triste, senti muitas saudades de casa, fiquei muito decepcionada porque minhas expectativas são cada vez mais quebradas nesse processo todo, mas ao mesmo tempo fui muito bem cuidada e tive que trabalhar MUITO a paciência.

WhatsApp Image 2020-03-02 at 16.56.38

Intercâmbio é essa loucura mesmo, e ainda que a gente não entenda muito tudo coopera para o nosso desenvolvimento.
Até o próximo diário!